MARKETING SOCIAL: Conceito, Vantagens e Exemplos da Vida Real

marketing social
Índice analítico Esconder
  1. O que é Marketing Social?
  2. O que é o Conceito de Marketing Social?
  3. História do conceito de marketing social
  4. 3 Considerações sobre o conceito de marketing social
  5. Filosofia de Marketing Social
    1. #1. Bem-estar humano
    2. #2. Requisitos do consumidor
    3. #3. Lucro/Empresa
  6. Objetivos do Marketing Social
  7. A Importância do Conceito de Marketing Social
  8. Os benefícios do marketing social
  9. Desvantagens do Marketing Social
  10. Exemplos de campanhas de conceito de marketing social
    1. #1. Além da Carne
    2. #2. Brinquedos Verdes
    3. #3. Sim Canudos
    4. #4. A loja do corpo
    5. #5. Quem dá merda
    6. #6. Pela
    7. # 7. Adidas
    8. #8. The Coca-Cola Company
    9. #9. Kia “Jornada do Herói”
  11. 7 Fundamentos para Campanhas de Marketing Social Eficazes
    1. #1. Obter a atenção do público-alvo para aumentar a notoriedade da marca.
    2. #2. Sem ser “vendedor”, comunique as crenças e a voz da sua marca.
    3. #3. Forneça o tipo de conteúdo que seu público-alvo está procurando nas mídias sociais.
    4. #4. Incentive a participação
    5. #5. Incentive os amigos do seu público a compartilhar sua marca nas redes sociais (boca-a-boca)
    6. #6. Visitas rápidas ao site
    7. #7. Aumente as vendas de seus produtos/serviços.
  12. Instrumentos de marketing social
  13. Marketing Social x Marketing Social
    1. Qual é a diferença entre o conceito de marketing social e o conceito de marketing social
  14. Marketing Social x Responsabilidade Social Corporativa
  15. Conclusão
  16. Perguntas frequentes sobre marketing social
  17. Por que as empresas usam o conceito de marketing social?
  18. Qual é a diferença entre marketing social e marketing social?
  19. Qual empresa usa marketing social?
  20. O que é o conceito de marketing social da Adidas?
    1. Artigos Relacionados

Uma das muitas decisões que você terá que tomar como proprietário de uma pequena empresa é participar do marketing social. O conceito de marketing social eleva a obrigação social de uma empresa acima e além do lucro. Com temas que vão desde mudanças climáticas e meio ambiente até imigração e dependência de drogas entupindo seus feeds de notícias, sua maior dificuldade pode ser escolher qual causa social apoiar. Vejamos alguns exemplos de campanhas de marketing social.

O que é Marketing Social?

O marketing social prioriza o benefício humano acima do lucro. Porque a responsabilidade social é essencial, um Conceito de Marketing Societal cria uma estratégia de marketing que oferece valor aos consumidores para promover o bem-estar dos clientes e da sociedade. É uma versão mais sofisticada da responsabilidade social corporativa (RSE) e do marketing de longo prazo.

O marketing social cria uma impressão da empresa para o consumidor e pode aumentar as vendas promovendo uma imagem corporativa favorável. O conceito enfatiza a responsabilidade social e está fortemente associado ao desenvolvimento de longo prazo.

O que é o Conceito de Marketing Social?

De acordo com o conceito de marketing societal, os profissionais de marketing devem fornecer produtos/serviços de forma que atendam às demandas de seus clientes-alvo, às necessidades da empresa e ao bem-estar da sociedade em geral.
Em outras palavras, as empresas devem alcançar um equilíbrio entre a felicidade do cliente, as receitas e o bem social de longo prazo.

História do conceito de marketing social

Os comportamentos antiéticos de muitas empresas tornaram-se públicos nas décadas de 1960 e 1970. Em 1972, o conceito de Marketing Social surgiu como um paradigma de marketing mais socialmente responsável, moral e ético para desafiar o consumismo. Philip Kotler popularizou o conceito de “marketing social” e “marketing social”.

O conceito de marketing social surgiu a partir de princípios anteriores de RSC e desenvolvimento sustentável, e foi usado por várias empresas para aumentar sua imagem pública por meio de operações de atendimento ao cliente e bem-estar social.

Os profissionais de marketing revisaram a adequação do conceito de marketing como uma filosofia de gerenciamento central no início dos anos 1980. Fatores ambientais e sociais, como poluição crescente, escassez de energia, explosão populacional, serviços sociais negligenciados, fome e pobreza em todo o mundo, e assim por diante, foram citados como explicações.

De acordo com Martin L. Bell e C. William Emory, citando detratores do conceito de marketing, a interpretação operacional da orientação para o cliente não alcançou o significado filosófico de proporcionar prazer ao cliente a longo prazo e as demandas maiores da sociedade como o objetivo final do marketing.

Sugere-se que o trabalho do marketing deve estar vinculado ao benefício social e não ao ganho econômico. Também deve estar ligado aos objetivos humanos, não apenas às necessidades e desejos humanos. Os profissionais de marketing devem colocar uma ênfase maior na conservação do que no consumo.

Eles também devem considerar seus clientes e eles mesmos como componentes vitais da sociedade, não apenas considerações econômicas. Os profissionais de marketing hoje encontram problemas como resultado de tais demandas; eles lutam para determinar quanta ênfase é colocada na responsabilidade social e quanta ênfase é colocada no atendimento dos requisitos do cliente.

3 Considerações sobre o conceito de marketing social

Ao desenvolver campanhas de marketing social, as empresas devem considerar três fatores: lucratividade da empresa, desejos dos clientes e interesses sociais.

#1. A Sociedade (Bem-Estar Humano)

As empresas devem garantir que seus bens, serviços, atividades e ideias de investimento beneficiem a sociedade em primeiro lugar.

#2. Satisfação dos clientes)

Os produtos e serviços devem atender às demandas do cliente.

#3. Empresa (Lucros)

Conexões de longo prazo com clientes, responsabilidade social e fornecimento de bons produtos são fundamentais para a maximização do lucro e da riqueza.

Filosofia de Marketing Social

Embora o marketing societal seja um conceito de gestão de marketing, o objetivo e a filosofia subjacentes a esse conceito são impactar o processo de tomada de decisão da empresa. No entanto, a seguir estão as áreas em que o marketing social tem impacto:

#1. Bem-estar humano

O bem-estar humano, em geral, refere-se à bondade e bem-estar geral da sociedade. A estratégia e as práticas de marketing da empresa não devem conter nada que possa prejudicar a tranquilidade social. Por exemplo, poluição sonora, poluição do ar, descarga ácida em represas e rios, e assim por diante.

#2. Requisitos do consumidor

Ao competir para atender às necessidades e desejos dos consumidores, as empresas devem gerar o que é benéfico para os clientes e a sociedade. Em vez de apenas fabricar e fornecer o que o consumidor deseja, o que é benéfico para ele e o que ele deseja são duas coisas muito diferentes.

#3. Lucro/Empresa

Quando as empresas começam a fornecer bens e serviços que não são apenas benéficos para seus consumidores, mas também para a sociedade, isso gera uma conexão lucrativa de longo prazo entre os clientes e a empresa.

Objetivos do Marketing Social

A seguir estão alguns dos objetivos do marketing social:

  • Mudar as atitudes, crenças e expectativas das pessoas para que elas se preocupem com o meio ambiente,
  • As empresas devem usar métodos de marketing que façam com que os clientes alterem seu comportamento.
  • Os profissionais de marketing social devem modificar o mix de marketing padrão (produto, preço, localização e promoção) e incluí-lo em suas campanhas de marketing para maximizar o efeito de suas campanhas.
  • A comercialização dos produtos da empresa deve ajudar a aumentar a conscientização sobre o ambiente em que as empresas operam.
  • As mensagens em campanhas de marketing social devem ser tão bem-sucedidas que indivíduos e empresas comecem a assumir a responsabilidade pelo meio ambiente.
  • Com o esforço de marketing social, a participação de marketing e a base de clientes devem crescer.

A Importância do Conceito de Marketing Social

Como todos sabemos, marketing e negócios estão intrinsecamente ligados. O objetivo de toda empresa é criar bens e serviços que possam ser vendidos posteriormente no mercado para obter lucro e, ao mesmo tempo, atender às demandas dos consumidores. Ao fazer tudo, as demandas do meio ambiente e da sociedade também devem ser levadas em consideração.

Uma empresa cria e distribui atividade econômica na sociedade. Os membros da organização incluem empresários, fabricantes e comerciantes. Como resultado, seus atos influenciam não apenas os membros, mas também todo o meio social da sociedade.

O ambiente empresarial e da sociedade estão inextricavelmente ligados. Como resultado, empresas e empresas devem implementar táticas de marketing socialmente responsáveis. Em vez de usar métodos de marketing orientados para negócios.

Henry Ford disse que queria ajudar a sociedade em vez de lucrar produzindo mais automóveis. De acordo com Mahatma Gandhi, as riquezas das empresas devem servir e beneficiar a sociedade, e esse dinheiro deve ser utilizado como um fiduciário da sociedade. Nesse contexto, riqueza se refere à justiça que uma comunidade deseja, ao invés de apenas gerar lucro.

Considere que é uma sociedade que fornece terras, recursos e outros itens essenciais para as empresas operarem. Assim, a estratégia de marketing e comercial da empresa deve levar em conta o bem-estar da sociedade como um todo.

Os benefícios do marketing social

  • O marketing social ajuda as empresas e empresas a enviar uma mensagem positiva sobre sua preocupação com o meio ambiente.
  • Uma estratégia ambientalmente responsável forneceria a você uma vantagem competitiva sobre sua concorrência.
  • Se uma empresa oferece bens e serviços ecologicamente corretos aos seus consumidores, isso aumentará a retenção de clientes.
  • Quando os clientes são fiéis a uma determinada marca, a venda de bens e serviços aumenta.
  • Quando a venda crescer, as empresas poderão desenvolver e ampliar suas operações.
  • O sistema de marketing social faria bom uso dos recursos financeiros da empresa.
  • O uso de recursos econômicos proporcionaria possibilidades de emprego, ao mesmo tempo em que elevaria o padrão de vida das pessoas.

Desvantagens do Marketing Social

  • De acordo com Kotler, quando uma empresa fornece bens e serviços que são benéficos para a sociedade em vez de atender aos desejos e expectativas de seus consumidores, isso cria atritos entre os clientes e a empresa.
  • O fato é que quando uma empresa adota um conceito de marketing social, lucro e responsabilidade social não podem coexistir. É por isso que empresas e negócios em nações industrializadas não adotaram o conceito de marketing social. Eles ainda não atingiram o limite de maturidade, pode-se dizer.
  • Todos nós já ouvimos que vinho, coca-cola, uísque, conhaque e cigarros fazem mal à saúde. Até as empresas de cigarros deixam de publicar a frase “os cigarros são prejudiciais à saúde” nos maços. Cigarros causam câncer de pulmão e outras doenças, mas as pessoas continuam a comprá-los.
  • A produção e as vendas de tabaco e cigarros persistem porque atendem às demandas dos consumidores. Eles estão dando aos indivíduos o que eles querem e não o que é melhor para eles e para a sociedade como um todo.

Exemplos de campanhas de conceito de marketing social

#1. Além da Carne

A Beyond Meat cria carne à base de plantas com a esperança de impactar favoravelmente quatro questões mundiais crescentes: saúde humana, mudanças climáticas, restrições de recursos naturais e bem-estar animal.

#2. Brinquedos Verdes

A empresa fabrica brinquedos 100% reciclados. Seus brinquedos são feitos principalmente de jarros de leite reciclados. A gestão de resíduos recolhe o plástico, limpa-o, tritura-o e reprocessa-o em diferentes brinquedos. A empresa segue rigorosamente todas as normas de segurança e meio ambiente.

#3. Sim Canudos

Canudos de plástico são ruins para o meio ambiente. YesStraws são uma alternativa ambientalmente benéfica para canudos de plástico prejudiciais.

#4. A loja do corpo

The Body Shop é um conhecido fabricante de cosméticos. Para seus produtos, a empresa pretende empregar componentes sintéticos ecologicamente corretos. Eles desenvolveram uma iniciativa comunitária de comércio justo para obter alimentos e acessórios éticos e de alta qualidade de milhares de produtores, agricultores e artesãos em todo o mundo.

#5. Quem dá merda

Esta empresa fabrica papel higiênico 100% reciclado sem o uso de tintas, cores ou cheiros. Além disso, a empresa fornece metade de seus lucros para ajudar a construir banheiros em países pobres.

#6. Pela

Pela aspira a criar um futuro sem desperdício. Assim, a Pela Case cria uma capa de celular totalmente biodegradável e ecologicamente correta. A empresa cria produtos a partir de materiais ecologicamente corretos. Além disso, a empresa ensina e incentiva uma rede global de pessoas que se dedicam a fazer uma boa diferença em nosso planeta.

# 7. Adidas

A Adidas é uma das principais empresas de roupas esportivas do mundo. Quando se trata de meio ambiente, a Adidas se dedica a produzir produtos que podem ser reutilizados várias vezes.

#8. The Coca-Cola Company

A Coca-Cola é a maior empresa de refrigerantes do mundo, e a Coca-Cola também está comprometida com as obrigações sociais e ambientais ao entregar produtos a pessoas de todas as etnias ao redor do mundo.

#9. Kia “Jornada do Herói”

A 'jornada de herói' da Kia demonstra sua devoção à sociedade ao eliminar o uso do espírito em sua organização.

7 Fundamentos para Campanhas de Marketing Social Eficazes

Para ser tão eficaz quanto nossos principais exemplos de campanhas de marketing social, seus esforços devem atingir os sete objetivos precisos a seguir:

#1. Obter a atenção do público-alvo para aumentar a notoriedade da marca.

O primeiro passo para gerar leads e vendas consistentes é aumentar o reconhecimento da marca. Os principais esforços de marketing de mídia social geradores de leads compartilham três técnicas fundamentais: estratégias atraentes de interação focadas em conteúdo e, mais importante, uma voz de marca consistente.

Mas, no final das contas, tudo se resume a fazer um esforço para entrar em contato com eles e informá-los que você tem um produto ou serviço que vale a pena investigar. Também é importante apresentar suas vantagens de forma que elas atendam às demandas de seus clientes.

#2. Sem ser “vendedor”, comunique as crenças e a voz da sua marca.

Dada a frequência com que os clientes são agredidos com mensagens de marketing na Internet, é seguro argumentar que a abordagem de vendas aberta não é mais eficaz. A construção de relacionamentos é a primeira ordem de negócios para profissionais de marketing bem-sucedidos. Os clientes precisam de tempo para conhecê-lo, confiar em você e determinar se estão ou não tomando a decisão certa ao adquirir seus produtos e serviços.

Para evitar a abordagem de vendas, ofereça muito conteúdo gratuito na forma de recomendações e orientações, revele respostas para as preocupações mais urgentes de seu público e enfatize os benefícios de seus produtos.

#3. Forneça o tipo de conteúdo que seu público-alvo está procurando nas mídias sociais.

Cada rede de mídia social tem seu público e estilo distintos. O LinkedIn, por exemplo, é uma plataforma mais profissional e empresarial. Outros, como o TikTok, podem ser mais divertidos e joviais. O tom da plataforma pode fornecer ideias para o tipo de conteúdo que você deve produzir. Use a plataforma que reflete com mais precisão a voz da sua marca.

Examine os tipos de material que são mais populares e tendências nas redes sociais que lhe interessam. O público específico da plataforma está procurando humor, tendências, para ajudar a promover uma causa ou interações mais personalizadas?

Esta é uma área onde a conclusão de algum estudo aprofundado pode render muito. A melhor maneira é combinar seu grupo demográfico principal com a plataforma em que eles passam mais tempo.

#4. Incentive a participação

Não se trata apenas de cliques e compartilhamentos quando falamos de engajamento. O melhor tipo de engajamento contribui para a construção de conexões, como quando seu público comenta de forma positiva e relevante em suas postagens.

Para incentivar a interação, seu plano de marketing deve incorporar o envolvimento proativo e contínuo dos negócios, bem como respostas oportunas às observações do seu público. Também é fundamental ter uma voz de marca consistente.

O engajamento é uma métrica que pode ser medida de perto, o que você deve fazer, pois se seu público não estiver interagindo, significa que você não capturou a atenção deles.

#5. Incentive os amigos do seu público a compartilhar sua marca nas redes sociais (boca-a-boca)

A obtenção de compartilhamentos sociais é uma excelente técnica para obter uma grande quantidade de tráfego gratuito e aumentar a exposição da marca. Além de criar um material atraente, você também deve incentivar abertamente o compartilhamento, colocando ícones de compartilhamento social em destaque em seu site. Além disso, considere o uso de soluções de gerenciamento de mídia social para ajudá-lo com o trabalho pesado, coleta de dados e análise de dados. Dessa forma, você poderá determinar quanto boca-a-boca social gerou.

#6. Visitas rápidas ao site

Cada parte do conteúdo, seja uma postagem de blog ou um anúncio de marketing, deve incluir uma frase de chamariz que envie visitantes ao seu site. Os esforços de marketing social não são exceção! Os espectadores devem ser solicitados a realizar ações em cada postagem social, seja para visitar seu site, fazer uma compra ou se inscrever. Seus melhores esforços de marketing serão em vão se seu ativo digital mais significativo não estiver coletando dados de clientes para nutrição de longo prazo e marketing futuro.

#7. Aumente as vendas de seus produtos/serviços.

Outra métrica para determinar a eficácia de uma estratégia de mídia social é se ela o ajudou a vender mais produtos ou serviços. Toda campanha de marketing deve resultar na realização de um objetivo específico. Se sua campanha não está ajudando você a vender, é hora de voltar à prancheta e descobrir onde você está errando.

Leia também: Lista de empresas da Fortune 100 em 2022 atualizada!!!

Instrumentos de marketing social

Philip Kotler classificou os produtos em quatro grupos com base em seus benefícios de longo prazo e satisfação instantânea:

  • Produtos defeituosos não oferecem benefícios de longo prazo nem de curto prazo.
  • Produtos agradáveis ​​proporcionam satisfação momentânea, mas criam danos a longo prazo na sociedade.
  • A longo prazo, os produtos salutares proporcionam satisfação mínima de curto prazo para a sociedade Nut Benefit.
  • Produtos desejáveis ​​fornecem benefícios a longo prazo e gratificação instantânea.

Segundo Kotler, itens inferiores devem ser retirados do mercado com base no marketing social.

Os produtos que são atraentes e benéficos para a sociedade devem ser modificados para fornecer vantagens de longo prazo para a sociedade e satisfação imediata para o consumidor.

Isso significa que essas coisas devem ser lançadas no mercado sem se tornarem desejáveis. Em vez de se concentrar nas vendas de produtos, essa abordagem se concentra no bem-estar do consumidor e da sociedade.

Marketing Social x Marketing Social

Marketing social não é o mesmo que marketing social.

O marketing social visa incentivar a mudança social e desenvolver soluções que beneficiem a todos.

O marketing social é uma espécie de empreendimento de marketing que visa influenciar e apoiar uma mudança no comportamento de seu público-alvo, resultando em melhorias para todos nós.

As empresas usam táticas de marketing social para incitar os indivíduos a fazer coisas para o bem maior ou para desencorajar as pessoas de fazer coisas que são prejudiciais ao bem maior.

O conceito de marketing social, por outro lado, é uma filosofia de marketing que incentiva as empresas a se engajarem em um comportamento socialmente responsável com o objetivo final de aumentar seus resultados.

O marketing social é uma estratégia de marketing comercial em que o objetivo final de uma empresa é superar seus concorrentes.

Com tanta concorrência por aí, as empresas adotarão o marketing como um conceito social para se diferenciar e se conectar emocionalmente com seu público.

Qual é a diferença entre o conceito de marketing social e o conceito de marketing social

Há uma grande distinção entre o conceito de marketing social e o conceito de marketing social. O marketing social é a incorporação do conceito de responsabilidade social nos métodos de marketing comercial. O marketing social preenche a lacuna entre questões sociais e táticas de marketing comercial.

Marketing Social x Responsabilidade Social Corporativa

A responsabilidade social corporativa é um conceito em que uma corporação implementa operações e atividades socialmente responsáveis, com ênfase em seus stakeholders internos, fornecedores e fornecedores agindo de forma socialmente responsável.

Uma empresa que adota políticas socialmente responsáveis ​​espera que seus funcionários, gerentes, executivos, fornecedores, vendedores e partes interessadas se envolvam em comportamentos e condutas socialmente responsáveis ​​consistentes com aqueles que ela incentiva.

A empresa e seu ecossistema corporativo são, assim, o público-alvo da responsabilidade social corporativa.

Por outro lado, o conceito de marketing societal é uma filosofia de marketing que leva uma empresa a adotar comportamentos e condutas que beneficiem a sociedade como um todo.

As estratégias de marketing social ajudarão diretamente a sociedade e, ao mesmo tempo, beneficiarão a empresa, diferenciando-se dos concorrentes e aumentando o reconhecimento da marca.

Conclusão

A conversão para uma estratégia de marketing social é mais fácil falar do que fazer, mas algumas das empresas mais bem-sucedidas do mundo deram o primeiro passo. Outras empresas devem seguir o exemplo. Empresas e empreendimentos também estão adotando a palavra “amiga do meio ambiente” em suas campanhas de marketing e conscientização. Esperamos que, no futuro, todas as empresas implementem uma estratégia de marketing social.

O conceito social em marketing é a progressão dos conceitos de marketing em que uma empresa projeta suas técnicas de marketing para beneficiar seus consumidores, a sociedade e seus resultados.

O conceito de marketing societal é essencialmente uma extensão do conceito de marketing, com a sociedade como foco extra.

As empresas aproveitam a oportunidade para estabelecer uma imagem de marca positiva e um envolvimento de longo prazo com seus clientes.
Se adotado e aplicado corretamente, o conceito de marketing social pode resultar em enormes lucros para a empresa, beneficiando os consumidores e a sociedade em geral.
Então, esperamos que você tenha gostado deste artigo.

Você tem alguma opinião sobre este assunto? Nós teremos muito prazer em ouvi-lo. Por favor, deixe uma observação!

Perguntas frequentes sobre marketing social

Por que as empresas usam o conceito de marketing social?

O conceito de marketing social auxilia na maximização do lucro da organização e no desenvolvimento de relacionamentos de longo prazo com os clientes. Apoia o desenvolvimento de produtos que beneficiem a sociedade a longo prazo, ao mesmo tempo que satisfazem os consumidores.

Qual é a diferença entre marketing social e marketing social?

O marketing social incorpora questões sociais em métodos de marketing comercial. Aplica teorias, táticas e abordagens de marketing comercial aos desafios sociais, enquanto o marketing social incorpora a responsabilidade social nas estratégias de marketing comercial.

Qual empresa usa marketing social?

The Body Shop é um ótimo exemplo de empresa que usa o conceito de marketing social: Anita Roddick lançou a empresa de cosméticos Body Shop em 1976. A empresa emprega apenas ingredientes naturais à base de vegetais em seus produtos.

O que é o conceito de marketing social da Adidas?

A Adidas empregou conceitos de marketing social não apenas para vender itens com lucro, mas também para limpar praias e proteger os animais oceânicos.

0 ações:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar