Levantando capital: 7 maneiras de levantar capital para uma startup

Levantando Capital
Crédito da imagem: escala completa

O dinheiro sempre foi o fio da vida para iniciar um negócio, mas sempre foi uma tarefa difícil obtê-lo. Embora exija um pouco de paciência e determinação. No entanto, exceto que você é um beneficiário de quaisquer bens pendentes, você dificilmente perguntaria ou descobriria como levantar capital para uma startup de negócios. Além disso, se você está procurando como levantar capital para uma startup de negócios, você não está sozinho. Este artigo tem como objetivo instrumentalizar o empreendedor de startups com os processos de captação de capital para empresas e imóveis.

Captação de capital para negócios

Levantamento de capital é quando um indivíduo tem a capacidade de obter fundos de inicialização para iniciar o negócio ou provavelmente para imóveis. O capital é invariavelmente determinante do sucesso e crescimento de qualquer negócio. Nesse caso, uma ideia é inútil se você não conseguir levantar capital para transformá-la em certeza. Portanto, é praticamente difícil iniciar um negócio sem capital.

Embora existam muitos lugares e onde levantar capital, tomar as fontes certas é o passo mais significativo a ser empregado.

Leia também:Capital financeiro: visão geral, fontes, exemplos, tipos (+ dicas gratuitas)

levantando capital
Crédito de imagem: DataDrivenInvestor(Capitalização)

No entanto, alguns empresários consideram que levantar capital é pesado, porque é difícil de obter e, portanto, requer paciência. Abaixo estão como você pode levantar capital para sua inicialização de negócios.

  1. Economia pessoal
  2. Famílias e amigos
  3. Pesquisa e arremesso para subsídios
  4. Obtenha e solicite investimentos de empresas de capital de risco

Leia este artigo, você descobrirá métodos e habilidades mais importantes para levantar capital.

Levantando Capital para Imóveis

Um negócio imobiliário está preocupado com a compra, venda, gestão ou investimento de propriedades imobiliárias. O setor imobiliário é uma das oportunidades de investimento para indivíduos que desejam alcançar a liberdade financeira. Ao contrário de qualquer outro tipo de negócio, também requer levantar capital. Tudo que você precisa é inflamar-se com a fonte certa de levantar capitais para começar.

No setor imobiliário, isso não significa necessariamente que o dinheiro deve sair da sua bolsa, mas através OPM, você pode levantar capital ou investir em imóveis com a ajuda do dinheiro de outras pessoas.

Além disso, você pode levantar capitais para um imóvel através de:

  1. Emprestadores de dinheiro duro
  2. Investimento tradicional Propriedade Financiamento de um banco.
  3. Empréstimo de Investimento FHA
  4. Empréstimo ponto a ponto
  5. Emprestadores de dinheiro privados
  6. Atacado de Imóveis
  7. Emprestadores de dinheiro privados

7 maneiras de levantar capital para uma startup

Como mencionado acima, um desafio de construir uma pequena empresa de sucesso é levantar capital para começar. Um grande número de novos empreendimentos comerciais faliu devido à falta de capital. As questões mais importantes sempre foram; Quanto eu preciso e por onde devo começar com o capital. Não preocupe mais a cabeça. Eu tenho respostas detalhadas para essas perguntas.

# 1. Auto financiamento/Bootstrapping

Essa é uma maneira eficaz de levantar capital para uma pequena empresa, especialmente para empreendedores iniciantes que têm dificuldade em encontrar outras fontes de capital. Este fundo é obtido a partir de poupanças pessoais. O autofinanciamento de um negócio nunca é para um coração fraco. Geralmente, leva anos para esses empreendedores decolarem. Isso requer criatividade e muitas estratégias para manter seus negócios funcionando.

# 2. Amigos e família

Pedir dinheiro emprestado a amigos e familiares é outra maneira de levantar capital para uma pequena empresa. Embora existam riscos associados a ele. Se decidir pedir dinheiro emprestado a um amigo ou familiar, aconselhamos que evite atalhos. Você deve criar cuidadosamente um contrato de empréstimo formal para os empréstimos, a menos que seja um presente voluntário mediante solicitação. Seu contrato deve listar a taxa de juros e o cronograma de pagamento. Confie em mim! não haverá mal-entendidos sobre quando você terá que devolver o dinheiro.

# 3. Empréstimos para pequenas empresas

Você tem ideias de negócios e, infelizmente, não há fundos suficientes para começar. Considerar empréstimos de curto prazo para empresas como sua próxima opção. Você pode realmente levantar capital daqui

Você possivelmente pode aumentar suas chances de obter um empréstimo, com um plano de negócios, planilha de despesas e projeções financeiras para um período fixo de anos. Depois de ter seus materiais prontos, entre em contato com bancos e cooperativas de crédito e solicite um empréstimo. Enquanto isso, por que solicitar qualquer empréstimo, tente descobrir quais termos e planos de empréstimo lhe favorecem. SBA os empréstimos são garantidos pelo governo federal e oferecem prazos de pagamento mais flexíveis do que os empréstimos bancários padrão.

# 4. Crowdfunding

Crowdfunding é um sistema de financiamento de um projeto ou empreendimento, levantando capitais de um grande número de pessoas, normalmente através da Internet. É também uma forma de crowdsourcing e financiamento alternativo. Ao longo dos anos, sites de crowdfunding como o Kickstarter tornaram-se uma fonte popular de capital para muitas pequenas empresas. Uma campanha de crowdfunding também pode ser uma maneira melhor de avaliar o interesse e aumentar o zumbido de marketing sobre sua empresa. A maioria das plataformas de crowdfunding opera de forma diferente das outras. Portanto, certifique-se de entender as regras da plataforma escolhida antes de optar por ela.

# 5. Investidores anjos

Os investidores-anjo são investidores individuais que sempre buscam investir seus próprios recursos em novos negócios, principalmente em troca de ativos. Por definição, os investidores-anjo geralmente são pessoas físicas com patrimônio líquido de cerca de US$ 2 milhões ou uma renda anual de mais de US$ 150,000. Normalmente, eles operam sozinhos, mas às vezes podem se unir a outros investidores-anjo e formar um fundo.

Esses investidores tendem a ser empresários bem-sucedidos, e uma das vantagens que eles podem trazer é uma experiência no setor escolhido, bem como contatos potencialmente valiosos. De um modo geral, os investidores-anjo são uma rota popular para startups de tecnologia e outras empresas que buscam financiamento em um nível superior ao que a maioria dos amigos e familiares pode apoiar, mas inferior à maioria das empresas de capital de risco. Se você decidir buscar um investimento anjo, deve ser claro sobre o que deseja de seus novos parceiros.

# 6. Aceleradores de inicialização

Uma rota a mais para novas startups é por meio de incubadoras e aceleradoras. São organizações que se dedicam a ajudar os empreendedores a desenvolver seus negócios e, ao mesmo tempo, conectá-los a instrutores e investidores em potencial. Nas incubadoras e aceleradoras de startups, os empreendedores pretendidos se inscrevem para ingressar em uma turma de outros pequenos negócios e, em seguida, passam por um rigoroso processo de desenvolvimento e definição de sua ideia de negócio. O processo de inscrição de aceleradores de inicialização geralmente é demorado e competitivo. Portanto, certifique-se de ter uma estratégia de negócios sólida e uma bola forte pronta antes de utilizá-la.

# 7. Capital de risco

O financiamento de capital de risco é o financiamento privado concedido a empresas e empreendedores com potencial de crescimento a longo prazo. Geralmente, eles vêm de investidores abastados, bancos de investimento e quaisquer outras instituições financeiras. Emergiu de uma atividade de cubículo no final da Segunda Guerra Mundial para a indústria moderna com jogadores versáteis que adicionaram um papel importante no incentivo à modernização.

Leia também: SUBSÍDIOS PARA PROPRIETÁRIOS DE EMPRESAS NEGROS: 13+Melhores opções disponíveis em 2022 (atualizado)

Processo de Levantamento de Capital

Um processo de levantamento de capital é um roteiro essencial de como sua organização buscará e obterá os fundos para alimentar seu aumento. Já o financiamento de capital é o processo de captação de capital por meio da venda de ações. O processo de levantamento de capital pode levar muito tempo e é um empreendimento sério.

Outro processo é quando a administração da empresa ou um empresário abre o capital com banqueiros de investimento para atender investidores institucionais que, esperançosamente, investirão em seus negócios. Este roadshow é uma grande oportunidade para a gestão persuadir os investidores da intensidade de seus negócios durante o processo de captação de capital. Abaixo estão alguns processo de levantamento de capital.

  • Escolha um tipo de financiamento
  • Determine o capital necessário
  • Avaliação de Dinheiro Pré e Pós
  • Encontro com Investidores

Conclusão

Finalmente, um empreendedor pode levantar capital apenas algumas vezes ao longo de sua vida. Os investidores-anjo podem ser uma boa fonte de capital para o seu negócio. Lembre-se, você deve ter um plano de negócios sólido e um ótimo tom. Tente capturar a atenção deles com interesse e detalhes promissores sobre sua empresa

  1. COMO ATRAIR INVESTIDORES PARA O SEU NEGÓCIO [Guia de Domínio]
  2. Como aumentar o preço e ainda ganhar o mercado
  3. Savannah Funds para startups de tecnologia na África

Portanto, as informações aqui contidas são apenas para fins informativos. Se você achar difícil atingir seus objetivos nos negócios, poderá preencher a lacuna contatando conselhos de mentores, advogados e outros consultores que são especialistas em aconselhar empresas e empreendedores na captação de capital.

0 ações:
comentário 1
  1. O capital de giro é importante para o sucesso a longo prazo da empresa. Obrigado por compartilhar um post maravilhoso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar