PULL MARKETING: Definição e melhores estratégias

PUXAR MARKETING
Crédito da foto: Appnova

Uma estratégia de pull marketing se concentra especificamente no aumento da demanda do produto para aumentar os lucros. Muitas empresas usam estratégias de pull marketing para aumentar as vendas de novos produtos, reter clientes existentes e conquistar novos clientes. Neste artigo, definiremos o marketing pull, forneceremos exemplos de vários tipos de estratégias de marketing pull e discutiremos os benefícios e as desvantagens de usá-lo. Também é discutida a distinção entre marketing push vs pull.

O que é uma estratégia de marketing puxada?

As estratégias de pull marketing visam aumentar o número de consumidores interessados ​​em adquirir um produto específico. Frequentemente, envolve persuadir um consumidor a procurar ativamente um produto para convencer os varejistas a estocá-lo.

As marcas de pull marketing alcançarão os clientes por meio de uma campanha de marketing direto. Os clientes então vão a um varejista e compram o produto. Isso permite que o produtor venda o produto, bem como abasteça o estoque com base na demanda do consumidor.

Os consumidores se beneficiam porque não terão que se contentar com qualquer produto que esteja em estoque em outro lugar simplesmente porque está disponível. Em vez disso, por meio de suas estratégias de pull marketing, eles verão o verdadeiro valor de seus produtos ou serviços e estarão mais dispostos a fazer o esforço e reinvestir no longo prazo se a proposta for suficientemente atraente.

Tipos de Estratégias de Pull Marketing

Existem vários tipos de estratégias de pull marketing usadas pelas equipes para conquistar o interesse do cliente, incluindo:

#1. Motor de Otimização de Busca

A otimização de mecanismos de pesquisa (SEO) é o processo pelo qual as empresas modificam seus sites para incluir palavras-chave populares para obter uma classificação mais alta nos resultados de pesquisa. Resultados de pesquisa de alto nível podem aumentar a exposição de uma empresa aos clientes, potencialmente levando a mais vendas e novos clientes.

#2. Anúncios

Vários tipos de publicidade podem ajudar no sucesso de uma estratégia de pull marketing, incluindo:

Marketing

Como as necessidades e desejos podem motivar um cliente a fazer uma compra, responder às demandas do cliente é um componente importante das estratégias de pull marketing. A publicidade de conteúdo se concentra especificamente em como um produto pode atender à demanda do consumidor.

Publicidade paga por clique

A publicidade paga por clique, também conhecida como publicidade paga, exibe produtos para os clientes com base em suas consultas de pesquisa e dados de clientes, como dados demográficos, ocupações ou idades. Um estudante universitário, por exemplo, pode encontrar um anúncio de um novo laptop depois de pesquisar por laptops baratos online. Os anúncios pagos podem aparecer em redes sociais, sites ou vídeos. Embora a publicidade paga seja mais cara do que outras formas de publicidade, ela pode ser muito eficaz na segmentação de clientes específicos para sua estratégia de pull marketing.

Publicidade de saída

A publicidade de saída é uma estratégia de marketing que envolve o contato com os clientes por e-mail ou telefone sobre um produto no qual eles possam estar interessados. Esse tipo de publicidade tem o potencial de atingir clientes em potencial que já interagiram com a empresa ou que não demonstraram nenhum interesse .

Social Media Marketing

Devido à relevância que a mídia social pode ter para alguns clientes, o marketing de mídia social pode ser importante para uma estratégia de pull marketing. Muitas plataformas permitem que você use hashtags para ajudar os consumidores a encontrar seu conteúdo quando pesquisam palavras-chave específicas.

Benefícios das estratégias de pull marketing

A seguir estão alguns dos benefícios de uma boa estratégia de pull marketing:

#1. Oportunidades de vendas adicionais

As estratégias de pull marketing permitem que uma empresa crie um canal de vendas adicional com seus clientes. O pull marketing cria novas oportunidades para aumentar a fidelidade do cliente, criando anúncios especificamente para direcionar os clientes a um produto. Além disso, o pull marketing também pode empregar táticas de marketing que a empresa não empregou anteriormente, potencialmente ampliando ainda mais a publicidade.

#2. Maior Demanda e Conscientização do Produto

O pull marketing pode resultar em aumentos significativos nas taxas de demanda. Isso pode aumentar a oferta para compensar o aumento da demanda, potencialmente levando a mais vendas. O pull marketing pode resultar em um produto que vende extremamente bem, aumentando a conscientização e a retenção do cliente.

#3. Dados mais úteis

Como o pull marketing aumenta a demanda, as empresas que o utilizam podem ter acesso a mais dados. Mais dados de demanda ajudam a empresa a entender por que um produto vende bem. Devido à reorientação das estratégias de marketing e ao aumento do tráfego, os dados de mídia social e publicidade também podem aumentar.

Retrocessos das estratégias de pull marketing

Você deve estar ciente das seguintes desvantagens das estratégias de pull marketing:

#1. Custos do Fornecedor

Como o pull marketing pode aumentar a demanda, a oferta pode ter que aumentar para compensar. Ao usar uma estratégia de puxar, uma empresa pode precisar planejar várias maneiras de aumentar a oferta. O aumento da oferta pode resultar em aumento dos custos do fornecedor, sejam eles custos de terceirização ou custos de aumento de produtividade dentro da empresa. As empresas podem se preparar para o aumento da oferta alocando fundos para os esforços de fornecimento.

#2. Custos de marketing

Como as estratégias de pull marketing podem empregar vários esforços de publicidade ao mesmo tempo, os custos de varejo podem aumentar como resultado de seu uso. A publicidade de terceiros através de parcerias com várias empresas incorre em custos adicionais. Semelhante à contabilização dos custos do fornecedor, é fundamental que as empresas façam um orçamento para possíveis aumentos nos custos de marketing.

#3. Mantendo a fidelidade do cliente

Como os programas de fidelidade do cliente exigem táticas como ofertas de desconto e produtos gratuitos, sua manutenção incorre em custos adicionais. Por exemplo, se uma empresa oferece um desconto a todos os novos clientes em sua próxima compra, os lucros dessas vendas subsequentes podem ser prejudicados.

Financiamento adicional e organização de tarefas podem ser necessários para enviar e-mails adicionais aos clientes, organizar ofertas exclusivas para clientes e designar funcionários para fazer ligações frias. As empresas que contratam ou treinam mais funcionários podem compensar o aumento do trabalho associado aos programas de fidelidade do cliente.

Marketing Push vs Pull

O marketing push versus pull parece ser diametralmente oposto à primeira vista. No entanto, eles se sobrepõem na prática. Discutimos as principais diferenças entre marketing push e pull e como elas aparecem na prática.

#1. Demanda:

O marketing push funciona melhor com produtos que as pessoas já conhecem ou nos quais estão interessadas. A estratégia pull é eficaz para vender algo novo para as pessoas e criar demanda onde não havia nenhuma ou pouca, para começar.

#2. Tempo de duração:

O marketing push está mais preocupado com as vendas de curto prazo, enquanto o marketing pull pode levar mais tempo para se estabelecer.

#3. Tipo de Produto: 

Os produtos de estratégia pull são tipicamente únicos de alguma forma, e o público pode precisar saber exatamente o que eles são. Os produtos de marketing push são bem conhecidos do público e normalmente exigem pouca ou nenhuma comparação de compras.

#4. Meta:

O push marketing procura fechar uma venda o mais rápido possível, enquanto o pull marketing constrói um público gradualmente e muitas vezes do zero.

#5. Custo:

Ambos os tipos de campanhas de marketing são tão bons quanto seus criadores. Eles podem usar canais semelhantes, mas atendem a públicos diferentes. Realmente depende do produto e do público que você está tentando alcançar.

Em poucas palavras, as diferenças entre as estratégias de marketing push versus pull giram principalmente em torno do relacionamento da marca com o público que está tentando alcançar e as metas de vendas que está tentando alcançar.

Exemplos de estratégia de marketing push vs pull

A Amazon é um ótimo exemplo de empresa que lucra com estratégias de marketing push e pull.

Para começar, seus armazéns estão estrategicamente localizados próximos às grandes cidades e regiões metropolitanas. Quando se trata de vender seus produtos, a Amazon é uma empresa puramente push porque seu serviço atende aos clientes onde está sua demanda.

Simultaneamente, eles empregam uma estratégia de atração para promover vendedores terceirizados por meio de ferramentas como anúncios de retargeting, que atraem os usuários a retornar ao site e concluir sua compra.

Ambos são extremamente eficazes. Sem seus armazéns, a Amazon teria menos vendedores porque o espaço costuma ser um problema para marcas com estoque físico, potencialmente desencorajando novos negócios a ingressar no site. E eles não lucrariam com suas vendas se não promovessem os produtos de seus vendedores.

Exemplos de marketing puxado

Alguns exemplos de estratégias de pull marketing de vários setores incluem:

# 1. Lei

A Finzer and Sons deseja aumentar a demanda por seus serviços utilizando a mídia social como parte de sua estratégia de atração. A Finzer and Sons inicia uma campanha publicitária que hospeda anúncios especificamente nas mídias sociais depois de criar uma conta de mídia social. Novos clientes entraram em contato com o escritório de advocacia por meio dessa campanha depois de ver as publicações e anúncios do escritório nas mídias sociais.

#2. Tecnologia

A Owen's Fixit, uma oficina de reparos de computadores, inicia uma estratégia de pull marketing concentrando-se em e-mails e telefonemas para clientes anteriores. A empresa entra em contato com clientes anteriores para solicitar feedback sobre seu serviço e como ele pode ser melhorado no futuro. Além disso, a empresa envia e-mails para clientes anteriores oferecendo descontos em aparelhos recondicionados.

Como resultado, a empresa aumentou suas vendas entrando em contato com clientes anteriores que precisavam de novos reparos.

#3. Automotivo

Como parte de sua estratégia de atração, a concessionária de carros Annie's Automotive hospeda uma casa aberta. Para aumentar o público, a empresa cria anúncios físicos no jornal local e anúncios nas redes sociais. A Annie's Automotive recebeu uma grande afluência para a sua casa aberta graças a inúmeras campanhas publicitárias, resultando em alguns novos clientes.

O que é marketing de efeito pull?

O pull marketing é uma estratégia que usa otimização de mecanismos de busca (SEO) e outros métodos não intrusivos para atrair clientes para uma marca. O objetivo final é aumentar a conscientização do consumidor e a demanda por uma marca e seus produtos.

O que é um exemplo de marketing push?

Exemplos de estratégias de marketing push:

Venda direta para clientes – por exemplo, um vendedor de carros que se reúne com clientes nos showrooms de carros da empresa. Expositores de ponto de venda (POS) para promoção de feiras e designs de embalagens para atrair clientes para comprar.

Qual é a diferença entre a estratégia de puxar e empurrar?

Simplificando, o push marketing envolve colocar sua marca na frente das pessoas (geralmente com publicidade ou promoções pagas). Por outro lado, puxar envolve a implementação de uma estratégia que naturalmente desperte o interesse dos consumidores em sua marca ou produtos (geralmente com conteúdo relevante e interessante).

A Coca-Cola usa uma estratégia de empurrar ou puxar?

A Coca-Cola tem uma grande rede de distribuição e emprega uma estratégia push, na qual usa sua força de vendas e dinheiro de promoção comercial para atrair intermediários para transportar, promover e vender o produto aos usuários finais, ou seja, clientes.

SEO é push ou pull marketing?

Otimização de mecanismos de pesquisa (SEO), conteúdo criativo de mídia social e avaliações de clientes são os tipos mais comuns de marketing de atração. Enquanto o SEO já provou ser o tipo de marketing com o ROI mais consistente, a mídia social só recentemente explodiu como um canal de negócios.

O que é o modelo de empurrar e puxar?

O objetivo de uma estratégia de distribuição push-and-pull é direcionar sua rota promocional para o mercado. Ou empurrando o produto para os clientes ou puxando o produto através da cadeia de varejo em direção a eles.

Como você usa a estratégia de puxar?

Uma estratégia de “puxar” gera demanda adicional para um produto que já está nas lojas. As estratégias pull funcionam bem para marcas altamente visíveis ou marcas com alto reconhecimento de marca. Isso geralmente é feito por meio de publicidade.

A Apple usa uma estratégia push ou pull?

Atualmente, a Apple está empregando uma estratégia de marketing push, “empurrando” ou melhorando suas outras linhas de produtos, como o Mac. No entanto, também emprega uma estratégia de atração que se concentra no branding. Os princípios da estratégia pull também podem ser aplicados a uma estratégia “push” bem conhecida e vice-versa.

Conclusão

Durante décadas, as pessoas debateram os benefícios e as desvantagens do marketing de puxar e empurrar. Os profissionais de marketing frequentemente empregam ambas as estratégias como parte do trabalho de sua empresa. planos de marketing. Seja qual for a solução escolhida, certifique-se de que ela forneça o nível de organização, visibilidade e atenção aos detalhes que mesmo as estratégias mais complexas exigem por meio de recursos como gráficos de Gantt e painéis.

Perguntas frequentes sobre o marketing de puxar

Os anúncios de TV são push ou pull marketing?

O marketing push se concentra em atrair novos clientes apresentando diretamente materiais de marketing a eles, em vez de atraí-los de maneira mais sutil. Os esforços de marketing de saída incluem outdoors em rodovias, publicidade na televisão, notificações de texto, marketing direto por e-mail e outros métodos.

O McDonald's usa uma estratégia de empurrar ou puxar?

Um restaurante de fast food, como o McDonald's, usa um sistema pull, enquanto um serviço de catering usa um sistema push. Quando um cliente pede um hambúrguer no McDonald's, o garçom tira um da prateleira e o fabricante de hambúrguer fica de olho na prateleira e faz novos hambúrgueres quando o número fica muito baixo.

A Nike usa uma estratégia de empurrar ou puxar?

O logotipo e as imagens swoosh da Nike desempenham um papel importante na publicidade da empresa. Ela usa ampla cobertura de mídia em mídia eletrônica, social e impressa para promover sua imagem de marca, utilizando uma estratégia inteligente de empurrar e puxar para seus clientes.

  1. Estratégia Pull: Guia para as Estratégias de Marketing Pull (+Dicas Gratuitas)
  2. Estratégia Push: Práticas de Marketing e Comparações (+Dicas Gratuitas)
  3. Docker vs. Azure Container Registry: comparando benefícios, implementação e casos de uso
  4. 6 atributos eficazes de um empreendedor de sucesso
  5. MELHOR MARKETING POR E-MAIL PARA PEQUENAS EMPRESAS: 19 melhores escolhas (+ guia detalhado)
0 ações:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar