PENSAMENTO LÓGICO: Hacks para melhorar o pensamento lógico no local de trabalho

Pensamento lógico
Fonte da imagem: iStock

O pensamento lógico é uma habilidade crítica no local de trabalho. Vai um longo caminho para afetar o desempenho e a produtividade dos funcionários. Assim, o envolvimento em exercícios de raciocínio lógico não apenas melhorará o desempenho, mas também melhorará os relacionamentos saudáveis ​​​​no local de trabalho. Vamos ver exemplos de como melhorar o raciocínio lógico no local de trabalho.  

O que é pensamento lógico?

As habilidades de raciocínio lógico de um indivíduo referem-se à sua capacidade de pensar de maneira disciplinada ou de basear suas opiniões em fatos e evidências. Simplificando, as habilidades de pensamento lógico são a capacidade de incorporar a lógica ao processo de pensamento ao estudar um problema para encontrar uma solução.

As habilidades de pensamento lógico exigem e envolvem análise progressiva, como analisar todas as opções disponíveis, usar fatos e estatísticas e tomar decisões críticas com base nos prós e nas desvantagens. Eles não consideram os fatores de sentimentos e emoções.

Exemplos de pensamento lógico no local de trabalho

A seguir estão alguns exemplos de pensamento lógico no local de trabalho. Examine esta lista e considere os momentos no trabalho em que você usou lógica e fatos, em vez de sentimentos, para chegar a uma decisão ou traçar um caminho de ação.

  • Antes de desenvolver um plano de publicidade, realize estudos de pesquisa de mercado para medir as reações do consumidor a um novo produto.
  • Criação de um novo perfil de recrutamento de representantes de vendas com base na avaliação das características dos representantes de vendas mais produtivos da empresa.
  • Recomendar uma abordagem de cessação do tabagismo após analisar a pesquisa mais recente sobre a cessação do tabagismo.
  • Antes de desenvolver técnicas de treinamento, analise as avaliações dos clientes do restaurante.
  • Perguntar aos funcionários sobre suas preferências em relação aos benefícios dos funcionários antes de fechar contratos com fornecedores.
  • Solicitar feedback do usuário sobre sua experiência de software antes de desenvolver a próxima geração.
  • Escolher um líder de equipe com base em evidências históricas de comportamentos de liderança demonstrados por candidatos em potencial.
  • Entrevistar funcionários de saída para identificar tendências de rotatividade indesejada.
  • Antes de estabelecer uma estratégia para o próximo ciclo, entre em contato com colegas de outras organizações para aprender sobre abordagens de alto impacto.
  • Desenvolvimento de slogans de campanha com base em uma avaliação das prováveis ​​preocupações dos eleitores.
  • Um empreiteiro que aconselha um cliente que deseja a casa com a maior eficiência energética possível com mais isolamento, aquecimento, refrigeração e eletrodomésticos de alta eficiência e um projeto solar passivo.

Por que o pensamento lógico é importante

As habilidades de pensamento lógico são críticas para a saúde de qualquer local de trabalho. Pessoas em qualquer nível podem ser chamadas e espera-se que lidem com desafios relacionados à sua área de competência. Como resultado, quanto mais habilidades de pensamento lógico forem usadas no trabalho, melhor será o processo de tomada de decisão com menos erros.

As habilidades de pensamento lógico nos ajudam de várias maneiras, inclusive forçando o auto-aperfeiçoamento intelectual porque você avalia fatos objetivos mesmo quando avalia seu próprio desempenho. Eles também ajudam você a se tornar um melhor jogador de equipe, já que suas emoções, como seu ego, são menos propensas a obscurecer seu julgamento.

Eles também tendem a aumentar sua criatividade, incentivando você a fazer o maior número possível de conexões lógicas entre os assuntos. Todas essas melhorias individuais acabam se traduzindo em sucesso organizacional.

Exercícios para melhorar o raciocínio lógico

Existem inúmeros exercícios que você pode implementar para melhorar seu raciocínio lógico em seu trabalho regular. Aqui estão alguns deles:

#1. Crie o hábito de perguntar. 

Melhore suas habilidades de questionamento e aplique-as em todos os lugares. Verifique todas as informações que você coletou, sejam fatos e estatísticas ou apenas suposições. Examine suas fontes de informação e analise qualquer informação que pareça até um pouco suspeita. Antes de começar a avaliar o valor de qualquer material que tenha obtido, você deve primeiro verificar sua legitimidade.

#2. Trabalhe em sua perspectiva.

Compreenda o seu vieses como ser humano, determinando o que são e como afetam a forma como você lida com as informações. Esteja disposto a considerar pontos de vista alternativos sobre um tópico, especialmente se eles contradizem suas convicções de longa data. Aceite novos conhecimentos com a mente aberta e sem quaisquer preconceitos pessoais que você possa ter.

#3. Aprenda a juntar tudo de forma eficiente. 

Primeiro, tente organizar seus pensamentos escrevendo-os ou utilizando mapas mentais para ajudá-lo a explicá-los. Examine todas as informações que você tem, descubra as ligações entre as informações que você coletou e decida quais são as mais valiosas. Pese todas as suas alternativas depois de apresentá-las a si mesmo e, em seguida, tome uma decisão ou elabore uma solução.

#4. Invista em hobbies criativos.

Desenhar, pintar, escrever e tocar música são atividades criativas que podem excitar o cérebro e estimular o pensamento lógico. O pensamento criativo naturalmente melhora as habilidades de resolução de problemas, o que pode ajudá-lo a se tornar um trabalhador melhor.

Aprender um novo instrumento, por exemplo, requer consideração e concentração cuidadosas. Essa prática melhorará suas habilidades de raciocínio lógico, permitindo que você aborde sua tarefa com mais intensidade e enfrente mais dificuldades com flexibilidade e facilidade.

Além disso, hobbies criativos ajudam na redução do estresse. Quando seus níveis de estresse estiverem sob controle, você poderá se concentrar melhor e tomar decisões mais lógicas. Você pode lidar com o estresse de várias maneiras, mas expandir sua mente criativa é muito benéfico e pode beneficiar sua vida pessoal e profissional.

#5. Experimente com perguntas

Um dos melhores métodos para melhorar suas habilidades de raciocínio lógico é fazer perguntas sobre coisas que você considera certas. Fazer perguntas regularmente amplia sua perspectiva, permitindo que você aborde as dificuldades no trabalho de forma mais lógica e imaginativa.

Além disso, fazer perguntas muitas vezes pode levar a descobertas sobre áreas que você não havia considerado anteriormente, o que pode levá-lo a investigar mais. Essa estratégia pode ser usada em qualquer lugar, especialmente no trabalho. Considere um departamento desconhecido em seu trabalho e faça uma lista de perguntas para ajudá-lo a entender sua função.

Por exemplo, se você trabalha em vendas e deseja aprender mais sobre otimização de mecanismos de pesquisa, considere fazer uma breve entrevista informativa com alguém desse departamento para saber mais sobre seus projetos e métodos atuais. Isso pode ajudá-lo a considerar seu papel no trabalho em relação a essa equipe de forma mais crítica.

#6. Interaja com os outros

Construir relacionamentos com outras pessoas pode ampliar sua perspectiva e fornecer mais oportunidades para praticar o pensamento lógico. Quando você conhece alguém e entende o ponto de vista dele, pode lidar com as dificuldades no trabalho de uma maneira nova e diferente.

Existem vários métodos para investir tempo na construção de relacionamentos, desde participar de uma atividade que vocês dois gostam até apenas almoçar ou se encontrar para tomar um café regularmente. Quanto mais logicamente você puder lidar com os desafios no trabalho, mais fácil será crescer em sua carreira.

#7. Adquira uma nova habilidade

Aprender um novo talento também pode ajudá-lo a melhorar suas habilidades de raciocínio. Quando você aproveita todas as oportunidades para aprender, pode aplicar o mesmo nível de pensamento à sua profissão.

Por exemplo, você pode decidir começar a aprender uma nova linguagem de codificação, que envolve pensamento e planejamento significativos. A prática diária não apenas ajudará a colocá-lo na mentalidade de lidar com as dificuldades no trabalho com atenção, mas também o ajudará a construir um novo talento que o ajudará a crescer em sua carreira.

#8. Faça uma tentativa de prever o resultado de suas seleções.

Ao tentar melhorar suas habilidades de raciocínio lógico, examine as consequências a longo prazo de seus julgamentos. Quanto mais você prestar atenção aos resultados de suas decisões, mais simples será o processo.

Quando você encontrar uma solução para um problema no trabalho, considere os possíveis resultados. Você acabará achando mais simples considerar as consequências imediatas e de longo prazo de suas decisões, que é um componente crucial do pensamento lógico.

Pensamento lógico e pensamento crítico

Muitas pessoas confundem pensamento lógico e pensamento crítico; no entanto, existem diferenças sutis entre os dois.

Por um lado, o raciocínio lógico é bastante simples.

É uma maneira de pensar que usa lógica ou análise de informações para avaliar um problema.

O pensamento crítico, por outro lado, é um processo que se baseia no raciocínio lógico, mas vai um passo além.

Pensar criticamente significa questionar o óbvio, ligar os pontos e buscar a verdade.

Considere o caso de uma oportunidade de emprego em outro estado.

Pode parecer uma excelente jogada profissional, mas ter cautela antes de dar o salto pode ser a diferença entre um final bem-sucedido e um que você vai se arrepender. Estas são coisas que o pensamento lógico irá considerar:

  • Quanto vai custar para você se mudar?
  • O custo de vida na nova cidade é maior do que na sua cidade atual?
  • Quão ruim é a taxa de criminalidade?
  • A cidade é bem governada?
  • Que tal um compromisso de tempo maior? Qual é a carga de trabalho?

Observar e entender todos os fatos e cenários pode ajudá-lo a chegar a uma conclusão bem fundamentada – em uma palavra, isso é pensamento lógico.

O que é pensamento crítico?

O pensamento crítico e o raciocínio lógico estão intimamente relacionados. Implica desafiar evidências, crenças e conhecimento para chegar a uma conclusão ou escolha fundamentada.

É a capacidade de pegar pensamentos díspares ou pedaços de informação e conectá-los.

Usando o exemplo anterior, se lhe oferecessem uma excelente oportunidade de emprego em outra cidade, você ainda examinaria todas as considerações mencionadas anteriormente.

O pensamento crítico, por outro lado, vai além dos fatos concretos e faz perguntas como:

  • Como seus filhos se sentem sobre a transferência de escolas?
  • As vantagens superam as desvantagens?
  • Por que o novo emprego seria preferível ao atual?

A relação entre pensamento lógico e pensamento crítico

Como afirmado anteriormente, o pensamento lógico envolve avaliar fatos para chegar a uma conclusão válida.

Quando nenhuma suposição é feita e as emoções são removidas da equação, as regras da lógica podem ser aplicadas para resolver um problema da mesma forma que uma fórmula matemática.

Há uma linha nítida entre o que é certo e o que é errado.

Dado o mesmo cenário e as mesmas informações, duas pessoas distintas devem chegar à mesma conclusão.

O pensamento crítico, por outro lado, está desafiando as respostas e informações que você obtém.

Por exemplo, você pode verificar se a pessoa que fornece as informações tem interesse em uma conclusão específica e como isso influencia as informações apresentadas.

Você também deve considerar se está faltando alguma informação e quão confiável é sua fonte.

Há uma distinção clara entre raciocínio lógico e pensamento crítico, no entanto, o link é este:

Processos de pensamento lógico requerem pensamento crítico, e habilidades de pensamento crítico requerem lógica.

Como candidato, como você mostra o pensamento lógico?

É improvável que você ouça uma pergunta de entrevista de emprego que aborde diretamente o raciocínio lógico. Ou seja, os entrevistadores não perguntarão: “Conte-me sobre uma época em que você empregou a lógica no trabalho”. Em vez disso, um entrevistador pode responder: “Conte-me sobre os processos que você tomou para decidir as próximas fases do projeto que você descreveu”. Alternativamente, eles podem perguntar: “Como você reagiria se um produto recém-lançado recebesse um feedback ruim?”

Em suas respostas a perguntas como essas, você deve detalhar as medidas que você tomaria em determinada circunstância.

Percorra o processo de tomada de decisão que você usaria — ou dê um exemplo de como você definiu uma estratégia no passado.

Você pode discutir as perguntas que fez, os dados que reuniu ou a pesquisa que realizou para chegar às suas conclusões. Isso o ajudará a demonstrar suas habilidades de raciocínio lógico.

Você também pode destacar suas habilidades de raciocínio lógico em seu currículo ou carta de apresentação. Novamente, você só vai querer esboçar seu procedimento. Em vez de simplesmente dizer “Criado um novo programa de treinamento”, você pode incluir informações extras:

Em conclusão,

O exercício diário pode efetivamente aumentar as habilidades lógicas. Ao fazer os exercícios descritos neste capítulo regularmente, você melhorará suas habilidades de raciocínio lógico.

Perguntas frequentes sobre raciocínio lógico

O raciocínio lógico é uma soft skill?

Sim, o pensamento lógico é uma habilidade suave.

É melhor ser lógico ou emocional?

Em muitos casos, é melhor empregar o raciocínio lógico do que o raciocínio emocional.

O pensamento lógico pode ser aprendido?

O pensamento lógico não é um talento inato, é aprendido com o tempo.

  1. Liderança autêntica: significado, exemplos, características, teorias
  2. SEGREDOS DE VENDAS: Os segredos de vendas ocultos que aumentam o lucro.
  3. Tipos de segmentação de mercado (+ Benefícios, dicas e exemplos)
  4. GERENCIAMENTO DO TEMPO DO PROJETO: Processos, Ferramentas e Software para Gestão Eficaz
  5. O AMBIENTE DE TRABALHO IDEAL: Coisas que compõem um ambiente de trabalho ideal
0 ações:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar