Estruturas de negócios: diferentes tipos de estruturas de negócios explicados

Escolher entre os vários tipos de estruturas de negócios é provavelmente a decisão fiscal mais importante que você tomará ao iniciar um negócio. Escolher entre estruturas de negócios, por outro lado, pode ser intimidante e desconcertante. Essa decisão não apenas afetará quanto você paga em impostos, mas afetará a quantidade de papelada que sua empresa fará, a responsabilidade pessoal que você enfrenta e sua capacidade de arrecadar dinheiro.
Entenda suas opções antes de decidir sobre um tipo de estrutura legal para sua pequena empresa.

O que é Estrutura Empresarial?

A estrutura legal de uma organização reconhecida em uma determinada jurisdição é chamada de estrutura de negócios. A estrutura legal de uma organização é um determinante-chave das atividades em que ela pode se envolver, como levantando capital, responsabilidade pelas obrigações comerciais e o valor dos impostos que a organização deve aos órgãos fiscais.

Antes de fazer uma escolha sobre o tipo de estrutura legal, os empresários devem primeiro considerar suas necessidades e metas e entender as características de cada estrutura de negócios.

Diferentes tipos de estruturas de negócios

O tipo de estrutura de negócios que você escolhe determina muitos componentes do seu negócio, incluindo as operações do dia-a-dia, quanto você paga em impostos e a papelada que você deve arquivar. Você deve escolher uma estrutura de negócios que ofereça o equilíbrio certo entre benefícios e proteção.

Cada tipo de estrutura de pequenas empresas aborda a tributação de forma diferente. Algumas empresas são tributadas no nível de renda pessoal ou são duplamente tributadas nos níveis de renda comercial e pessoal. Continue lendo para aprender sobre os vários tipos de estruturas de negócios e qual é a melhor para sua pequena empresa.

#1. Empresas individuais

A sociedade unipessoal é o tipo mais frequente de estrutura empresarial. Uma sociedade unipessoal é de propriedade e gerida por uma única pessoa. Se você deseja controle total sobre o seu negócio, uma única propriedade é uma alternativa inteligente.

As sociedades unipessoais não criam uma entidade empresarial distinta. Os ativos e passivos da sua empresa não são distintos. Eles relatam renda comercial e pessoal em suas declarações de impostos pessoais.

Os proprietários individuais são pessoalmente responsáveis ​​pelos passivos da empresa, dívidas e perdas. Se sua empresa falir, seus bens pessoais podem estar em jogo.

# 2. Parcerias

Uma parceria é um negócio que pertence e é operado por duas ou mais pessoas. As sociedades podem ser divididas em dois tipos: sociedades em nome coletivo e sociedades em comandita.

1. Parceria em geral

Uma parceria geral é um negócio que é mantido por duas ou mais pessoas. Os sócios de uma sociedade em nome coletivo supervisionam os negócios e são pessoalmente responsáveis ​​pelas dívidas da sociedade. Os sócios compartilham todos os lucros e perdas igualmente.

As parcerias gerais permitem que os parceiros colaborem como coproprietários. Se você pretende formar uma parceria geral, considere a elaboração de um acordo de parceria que especifica os compartilhamentos específicos para cada parceiro.

Os lucros das sociedades em nome colectivo são exclusivamente fiscais a nível individual.

2. Parcerias de responsabilidade limitada

Existem sócios gerais e limitados em uma sociedade limitada. Para formar uma sociedade limitada, você deve ter pelo menos um sócio geral e um sócio limitado.

Os sócios limitados geralmente não têm direitos de decisão de negócios e funcionam apenas como investidores para os negócios. Os sócios gerais possuem e operam o negócio, ao mesmo tempo em que assumem responsabilidades de parceria. Você tem autoridade e responsabilidade como sócio geral. Os sócios limitados ganham a propriedade sem assumir responsabilidades ou riscos.

#3. Corporação

Uma empresa, às vezes conhecida como C Corp, é distinta de seus proprietários. As corporações são tratadas como entidades jurídicas separadas de acordo com a lei.

As corporações oferecem a melhor proteção contra a culpa pessoal. Por outro lado, as corporações são mais complicadas do que outros tipos de estruturas de negócios. Se você pretende expandir seus negócios e agregar acionistas, uma estrutura societária é uma excelente escolha.

As corporações precisam de registros e relatórios meticulosos. Mais restrições e exigências fiscais ficam por sua conta.

Eles tributam as empresas duas vezes. Quando você paga imposto de renda duas vezes sobre a mesma fonte de dinheiro ganho, é dupla tributação. As corporações são tributadas como uma entidade comercial, e a renda pessoal de cada acionista é tributada.

#4. A S-corporação

Uma corporação S, muitas vezes conhecida como S Corp, é um tipo de corporação em que os lucros e perdas são transferidos diretamente para a renda pessoal do proprietário e não estão sujeitos a taxas de imposto corporativo.

Os acionistas devem ser cidadãos dos Estados Unidos. Não pode haver mais de 100 acionistas em uma S Corp.

Os impostos são apenas sobre os proprietários do negócio, ou acionistas. Você pode evitar impostos duplos registrando-se como S Corp no IRS.

#5. Sociedade Limitada

Uma empresa de responsabilidade limitada (LLC) permite que você use as estruturas de negócios de uma empresa individual, corporação ou parceria.

As sociedades de responsabilidade limitada (LLCs) são estruturas de negócios adaptáveis. Sua LLC divide suas responsabilidades pessoais e comerciais. As obrigações fiscais são suportadas por todos os proprietários.

Uma LLC, como uma corporação, protege você da responsabilidade, evitando a dupla tributação. Como você pode repassar os impostos para o nível de renda pessoal, sua empresa evita a dupla tributação das empresas.

Ao contrário de outras estruturas de negócios, os proprietários de LLCs não são pessoalmente responsáveis ​​pelas obrigações de seus negócios.

LLCs têm uma vida útil finita em muitos estados. Se alguém entrar ou sair da sua LLC, seu estado poderá forçá-lo a dissolvê-la ou reorganizá-la. Como cada estado considera as LLCs de maneira diferente, as obrigações fiscais variam de acordo com o local onde você mora. Verifique com seu estado se há alguma restrição exclusiva de LLC.

Considerações a serem feitas antes de escolher uma estrutura de negócios

Nem sempre é fácil escolher qual estrutura usar para novas empresas que podem se enquadrar em dois ou mais desses tipos de estruturas de negócios. Você deve examinar os requisitos financeiros, o risco e o potencial de crescimento de sua startup. Pode ser difícil alterar sua estrutura legal depois de estabelecer seu negócio, portanto, considere isso cuidadosamente nas fases iniciais de desenvolvimento de seu negócio.
Aqui estão alguns elementos cruciais a serem considerados ao decidir sobre uma estrutura legal para o seu negócio. Você também deve planejar consultar seu CPA para obter conselhos.

#1. Flexibilidade

Para onde você quer que sua empresa vá e que tipo de estrutura legal permitirá que ela cresça? Examine seu RH e de plano de negócios simples, para determinar qual estrutura melhor corresponde aos seus objetivos. Sua entidade deve promover a perspectiva de desenvolvimento e mudança, em vez de sufocá-la.

#2. Complexidade

Nada é mais simples em termos de configuração e complexidade operacional do que uma empresa individual. Basta registrar seu nome, iniciar um negócio, relatar seus lucros e pagar imposto de renda pessoal sobre ele. No entanto, obter financiamento externo pode ser problemático. As parcerias, por outro lado, exigem um acordo formal que defina os deveres e as participações nos lucros. As sociedades anônimas e sociedades de responsabilidade limitada devem cumprir uma série de requisitos de relatório com os governos estadual e federal.

#3. Responsabilidade

Como a lei considera uma empresa como sua própria entidade, ela carrega o menor nível de responsabilidade pessoal. Isso significa que credores e consumidores podem processar a corporação, mas não podem confiscar os bens pessoais dos diretores ou acionistas. Uma LLC oferece o mesmo nível de proteção, mas com as vantagens fiscais de uma empresa individual. As parcerias dividem as responsabilidades entre os parceiros de acordo com os termos do contrato de parceria.

# 4. Impostos

Um proprietário de LLC paga impostos da mesma forma que um único proprietário: todos os lucros são considerados renda pessoal e são tributados de acordo no final do ano.

“Como proprietário de uma pequena empresa, você deseja evitar a dupla tributação no início”, Jennifer Friedman, especialista em marketing da Expertly.com, explicou. “A estrutura da LLC proíbe isso e garante que você seja tributado como indivíduo e não como empresa.”

Indivíduos em uma parceria também podem reivindicar uma parte dos lucros como renda pessoal. Para minimizar o impacto em sua declaração de imposto de renda, seu contador pode recomendar pagamentos antecipados trimestrais ou semestrais.

Todos os anos, uma corporação apresenta suas próprias declarações de impostos, pagando impostos sobre os lucros após despesas como salários. Se você pagar a si mesmo da corporação, terá que pagar impostos pessoais em seu retorno pessoal, como Previdência Social e Medicare.

#5. Ao controle

Se você deseja controle completo ou principal sobre seus negócios e suas operações, uma empresa individual ou uma LLC pode ser a melhor opção para você. Pode-se também negociar tal poder em um acordo de parceria.

Uma corporação é projetada com um conselho de administração que toma decisões importantes que orientam a organização. Uma corporação pode ser controlada por uma única pessoa, especialmente em seu nascimento, mas à medida que cresce, aumenta também a necessidade de administrá-la como um órgão dirigido por um conselho. Os regulamentos estabelecidos para organizações maiores, como manter anotações sobre todas as decisões importantes que afetam a empresa, aplicam-se a uma pequena empresa.

#6. Investimento de capital

Se você precisar de financiamento externo, como de um investidor, capitalista de risco ou banco, formar uma corporação pode ser uma opção preferível. As corporações podem receber investimentos externos com mais facilidade do que as empresas individuais.

As corporações podem vender ações e ganhar mais dinheiro para expansão, mas os proprietários individuais só podem obter fundos de contas pessoais, usando crédito pessoal ou trazendo parceiros. Uma LLC pode encontrar dificuldades comparáveis, mas por ser seu próprio negócio, não é necessariamente essencial que o proprietário use crédito ou ativos pessoais.

#7. Regulamentos, licenças e autorizações

Você pode exigir licenças e autorizações específicas para operar, além de registrar oficialmente sua entidade comercial. Dependendo da natureza do negócio e de suas operações, pode ser necessário obter licenças nos níveis local, estadual e federal.

Os estados têm critérios variados para várias estruturas de negócios. Pode haver restrições variadas em nível municipal, dependendo de onde você inicia sua loja. Entenda o estado e o setor em que você está ao escolher sua estrutura. Não é uma solução de tamanho único, e as empresas podem desconhecer o que é pertinente para elas.

Perguntas frequentes sobre estruturas de negócios

Quais são os 3 principais tipos de negócios?

Os três tipos mais prevalentes de estruturas de negócios são propriedade individual, sociedade de responsabilidade limitada (LLC) e corporação.

O que é estrutura de propriedade empresarial?

Estrutura de propriedade do negócio diz respeito à organização interna de uma entidade empresarial e aos direitos e deveres das pessoas que detêm um interesse legal ou equitativo nessa empresa.

  1. Definição Geral de Parceria: Impostos, Responsabilidade e Acordo
  2. Definição Geral do Parceiro, Contrato, Responsabilidade e Comparações
  3. Sociedade Limitada: Visão Geral, Tributação e Exemplos
  4. Seguro de Responsabilidade Civil Geral Comercial CGL US: Apólice, Cobertura e Custos
  5. Fechar Corporação: Visão Geral, Definição, Comparações, Prós e Contras
0 ações:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar