MÉTRICA DE NEGÓCIOS: Significado, Exemplos, Painel, Relatórios

MÉTRICA DE NEGÓCIOS
Crédito da foto: Empreendedor

Métricas de negócios são medidas quantitativas do desempenho de uma empresa em áreas específicas de suas operações comerciais. As métricas de negócios, que podem ser financeiras ou não financeiras, fornecem informações sobre todos os aspectos das operações de uma empresa. As empresas podem acompanhar uma variedade de métricas de negócios, mas as mais comuns são receita, margem de lucro, satisfação do cliente, taxa de rotatividade e produtividade dos funcionários. As empresas devem selecionar as métricas mais relevantes para suas metas e objetivos específicos. Neste guia, responderemos a essa pergunta e muitas outras ao discutirmos o que é uma métrica de negócios. Relatórios de métricas de negócios, painel e exemplos.

O que é uma Métrica de Negócios?

Uma métrica de negócios é uma medida quantificável usada pelas empresas para rastrear, monitorar e avaliar o sucesso ou fracasso de vários processos de negócios. O objetivo principal de usar uma métrica de negócios é comunicar o progresso de uma organização em direção a metas específicas de longo e curto prazo. O rastreamento de custos e o gerenciamento de custos são métricas frequentemente usadas com o objetivo de rastrear custos.

O uso eficaz de métricas de negócios frequentemente requer informações das principais partes interessadas sobre quais métricas são relevantes para suas linhas de negócios. Em suas declarações de missão, algumas organizações descrevem métricas de negócios. Isso requer a adesão de todos os níveis da organização. Outros simplesmente os incorporam em seus fluxos de trabalho gerais.

Entendendo uma métrica de negócios

Muitos aspectos dos negócios, incluindo vendas, marketing, finanças, atendimento ao cliente, RH, gerenciamento de infraestrutura de TI (ITIM), recrutamento e treinamento, usam métricas para medir e monitorar métricas. O crescimento ou a perda de receita ao longo do tempo são exemplos de métricas de negócios.

Os profissionais de marketing monitoram estatísticas de marketing e mídia social, como estatísticas de campanhas e programas, bem como indicadores de desempenho de vendas, como novas oportunidades e leads. Ao avaliar o desempenho geral da empresa, os diretores consideram os indicadores financeiros. Para rastrear uma métrica de negócios, soluções de análise e painel são usadas com frequência.

Qual é a importância das métricas de negócios?

A seguir estão as principais razões para a importância das métricas de negócios:

Eles auxiliam na avaliação das metas de negócios – Métricas de negócios são importantes porque ajudam a quantificar o progresso de uma empresa em direção a seus objetivos gerais. Definir metas realistas e acompanhar o progresso ao longo do tempo torna-se muito mais fácil com dados quantificáveis.

Eles aumentam a eficiência operacional para identificar áreas de melhoria em suas operações, as empresas devem acompanhar as métricas. As empresas podem aprender onde precisam fazer mudanças para se tornarem mais eficientes e produtivas medindo os principais indicadores de desempenho.

Além disso, eles facilitam a atração de investidores - Ao buscar investimentos de capitalistas de risco ou outras fontes, as empresas devem fornecer dados que demonstrem o desempenho passado e o potencial futuro. Nesse sentido, as métricas de negócios podem ser extremamente benéficas porque fornecem uma imagem clara da saúde financeira e das perspectivas de crescimento de uma empresa.

Eles auxiliam na avaliação do risco do negócio. Para tomar decisões informadas sobre como se proteger, as empresas devem estar cientes dos riscos que enfrentam. Uma métrica de negócios pode ajudar as empresas a identificar riscos potenciais e tomar medidas para mitigá-los.

Exemplos de métricas de negócios

Dependendo da sua empresa e das áreas que você deseja monitorar, convém se concentrar em métricas de negócios específicas. Portanto, nesta seção, veremos alguns dos exemplos mais comuns de uma métrica de negócios para setores e departamentos do setor, bem como um painel para cada um.

#1. Acompanhamento de métricas de vendas

As métricas de vendas são usadas para avaliar e analisar a eficácia e as atividades comerciais de um indivíduo, equipe ou empresa ao longo do tempo, como semanal, trimestral ou anual.

Analisar a análise de vendas pode ajudá-lo a descobrir o que está funcionando e o que não está, além de fornecer ideias para aumentar o crescimento da receita. Parece haver alguns KPIs críticos de vendas a serem monitorados.

#2. Métricas para monitorar no marketing

Como há tantas maneiras diferentes de as empresas venderem e divulgarem seus serviços ou produtos – mala direta, internet, páginas da web, mídia social – é fundamental entender qual combinação funciona melhor.

Adotar as principais métricas de marketing permite que sua agência de publicidade avalie a eficácia de suas abordagens e canais para auxiliar o desempenho de sua empresa.

#3. Acompanhamento de métricas financeiras

Os profissionais financeiros se preocupam mais com os KPIs que mostram o desempenho financeiro da empresa. Afinal, a saúde financeira de uma empresa determina sua sobrevivência.

Como resultado, a maioria das métricas econômicas se preocupa com elementos como receita, capital de giro, contas a pagar e receitas e despesas; existem inúmeros indicadores financeiros para acompanhar.

#4. Métricas para acompanhar em SaaS

Muitos KPIs importantes de SaaS também são importantes métricas promocionais e de vendas. Taxa de rotatividade de ativos, despesas com publicidade, valor de vida do cliente e retenção de clientes são essenciais para as empresas de SaaS, pois o modelo de negócios de associação depende muito da retenção de clientes em vez de adquiri-los.

#5. Métricas para monitorar os recursos humanos

As métricas de recursos humanos podem ser usadas para avaliar a satisfação e a eficácia dos funcionários. Esses indicadores frequentemente rastreiam medidas de desgaste organizacional, desenvolvimento e engajamento, cultura corporativa e despesas de treinamento – tudo o que pode ajudá-lo a reconhecer tendências e comportamentos da força de trabalho e prevenir problemas como exaustão ou programas de aprendizagem ineficientes.

#6. Taxa de giro do estoque

A taxa de rotatividade de estoque é um indicador financeiro crítico para indústrias e negócios de varejo. Conta quantas vezes o produto de uma empresa é vendido e substituído em um determinado período. Quanto maior a proporção, melhor, pois indica que a empresa está mantendo menos estoque, o que é caro.

#7. Satisfação do cliente

A satisfação do cliente, assim como a motivação dos funcionários, é fundamental para o sucesso de um negócio. O índice CSAT, também conhecido como índice de satisfação do cliente, é um método para medir a satisfação do cliente.

Essas são perguntas geralmente simples que buscam feedback sobre uma experiência específica do cliente: “Em uma escala de 1 a 10, quão impressionado você ficaria com a interação X?” com 1 indicando extrema insatisfação e 10 indicando extrema satisfação.

Para criar um índice de satisfação do cliente, as empresas somam todos os rankings e dividem o total pelo número de participantes. Os clientes ficam mais satisfeitos com a experiência quando o número é maior. Os resultados podem ser usados ​​para abordar questões futuras ou para promover boas práticas.

#8. Tempo médio de resolução de consultas do cliente

O tempo médio de resolução do suporte ao cliente é um indicador importante para as equipes de atendimento ao cliente, pois mostra quanto tempo leva para resolver problemas de suporte. Embora o tempo de reação seja importante, o tempo de resolução é um indicador melhor porque tempos de resolução rápidos geralmente significam respostas rápidas.

#9. Devolução de ativos

O retorno sobre os ativos (ROA) é uma métrica de negócios que calcula a receita por dólar investido nos ativos de uma empresa para determinar seu desempenho financeiro.

Este é um indicador especialmente importante para o sistema financeiro porque os ativos bancários são geralmente compostos de dinheiro emprestado, tornando o fluxo de caixa mais difícil de examinar do que em outros setores.

#10. Sucatear

A medição de sucata, ou desperdício, é um parâmetro importante para as equipes de produção. A sucata refere-se à quantidade de produtos manufaturados rejeitados ou inúteis que ocorrem como resultado de falhas de fabricação.

#11. Valor da vida útil do cliente

Essa métrica de negócios representa a receita total que uma empresa pode esperar de um único cliente. As empresas calculam o CLV de várias maneiras, mas o método mais comum é analisar dados anteriores de clientes para obter estatísticas de CLV mais precisas.

#12. Leads qualificados por mês

À medida que sua empresa cresce, você poderá dedicar mais tempo e energia ao marketing e às vendas. Em breve, você receberá milhares de novos leads a cada mês. No entanto, nem todo lead tem potencial para se tornar um cliente.

É por isso que você deve acompanhar o número de leads qualificados gerados a cada mês. Esse indicador de negócios indica se você está focando no mercado certo com as melhores chances de conquistar novos clientes. Se sua taxa de ascensão está diminuindo, é hora de reconsiderar suas estratégias de marketing e ofertas de mercado.

#13. Milstone cumprido e atrasado

Todo negócio tem metas e objetivos. Talvez você queira triplicar suas vendas totais no próximo trimestre, ou talvez esteja se preparando para lançar novos produtos. Todas essas metas grandiosas são projetos que podem ser divididos em pontos de verificação para acompanhar o progresso.

Ao observar o número de marcos que foram alcançados e aqueles que foram perdidos, você pode obter uma visão rápida da capacidade de sua equipe. Se você está constantemente perdendo prazos, é hora de contratar mais ajuda ou realinhar seus objetivos com a realidade.

Painel de métricas de negócios

Um painel, no sentido tradicional, é um painel contendo vários instrumentos através dos quais um motorista de veículo ou piloto de avião aplica controles e tem uma compreensão clara do desempenho do motor e acessórios. O termo foi emprestado pelo mundo dos negócios para se referir a uma ferramenta que exibe a medição de desempenho de um conjunto de objetivos.

A saída geralmente é exibida em uma única janela, tela ou página, permitindo que o usuário veja várias métricas rapidamente em um computador ou dispositivo móvel. Além disso, essa característica permite fornecer insights rápidos e acionáveis ​​sobre o que está acontecendo no negócio.

Dependendo do projeto e da organização, os objetivos podem diferir. Como um exemplo:

  • O desempenho das campanhas pagas de uma agência de publicidade pode ser medido.
  • Uma empresa de desenvolvimento web pode usar um painel de métricas de negócios para acompanhar o progresso do trabalho do cliente.

Um painel de métricas de negócios inclui ferramentas visuais que simplificam o uso para todas as partes interessadas. Um painel de métricas de negócios é usado pelas seguintes partes interessadas:

  • Executivos na C-Suite
  • Investidores em capital de risco (VCs)
  • Investidores
  • Funcionários e terceirizados

Um painel útil fornece muitas informações em um curto espaço de tempo e espaço. As ferramentas visuais destacam as informações de maneira compreensível. Alguns diagramas são usados ​​para acompanhar o progresso. Não há jargão para obscurecer a verdade, apenas um método claro e simples para determinar se você está no caminho certo.

Um painel de métricas de negócios traz o melhor de todos os funcionários.

Como resultado, as vantagens de usar métricas de negócios para funcionários, concentrando a atenção nas áreas-chave podem ser resumidas da seguinte forma:

  • Maior concentração
  • desempenho aprimorado
  • diminui o desperdício de tempo

Painel de KPI de Métrica de Negócios

Um negócio é identificar um problema, resolvê-lo e lucrar como resultado. Um painel de KPI de métricas de negócios fornece uma visão geral do que é importante para seus negócios e ajuda você a se concentrar no quadro geral.

Você pode examinar os parâmetros importantes, como leads em potencial e como convertê-los, participação de mercado e várias projeções.

Para expandir seus negócios, você deve monitorar novos produtos e seu desempenho no mercado. Com os dados coletados, você pode decidir o que mudar e realizar ações altamente direcionadas que melhoram o desempenho dos negócios.

Ao usar as informações do consumidor obtidas no painel de KPI de métricas de negócios, você pode melhorar seus negócios para atender às necessidades dos clientes.

Ter um painel de KPI de métricas de negócios permite que você aproveite ao máximo os dados que possui. Muitas empresas têm muitas informações sobre suas operações, mas não conseguem usá-las para melhorar seus resultados devido à falta de negócios em seus dados.

Relatório de Métricas de Negócios

O relatório de métricas de negócios é uma técnica usada pelas empresas para entender melhor seus principais indicadores de desempenho (KPIs), o que pode ajudá-los a determinar se atingirão ou não suas metas dentro de um determinado período de tempo. Os profissionais podem compilar as métricas de uma empresa em um único relatório, permitindo que diferentes departamentos consultem um único documento para obter informações sobre as metas e o progresso da organização. Além disso, se os indicadores estiverem fora da faixa normal de uma empresa, a administração pode identificar áreas de melhoria, que os gerentes de projeto podem comunicar às suas equipes. Isso pode ajudá-los a garantir que a empresa retome a produção normal.

Qual é a importância dos relatórios de métricas de negócios?

O relatório de métricas de negócios é essencial para os profissionais, pois permite que eles determinem se estão ou não atingindo seus objetivos. Também pode ajudar empresas que desejam manter ou aumentar a produção, bem como aquelas que buscam uma maneira organizada de acompanhar suas metas, resultados e progresso.

Também é fundamental garantir que as métricas utilizadas sejam relevantes para os objetivos do profissional, da organização ou da pessoa. Isso ocorre porque o rastreamento e a geração de relatórios sobre as métricas corretas podem ajudar essas organizações a atingir seus objetivos. As equipes de produção valorizam os relatórios de métricas de negócios porque, em última análise, impulsionam a produção.

Quatro etapas para relatórios de métricas de negócios

As etapas a seguir ajudarão você a relatar efetivamente uma métrica de negócios:

#1. Mantenha as métricas relatadas simples de entender.

O número de métricas que você usa é o primeiro fator importante para manter as métricas relatadas compreensíveis. Ao escrever um relatório, manter o número de métricas baixo pode ajudar seu público a entender a meta do relatório e como os valores das métricas se relacionam com os dados apresentados no relatório. Os clientes podem estar interessados ​​em ver os métodos que você usa porque podem usar métricas semelhantes e querer o máximo de informações possível.

#2. Garanta que as métricas sejam relevantes para o público

Ao relatar métricas, adapte cada relatório ao público que o receberá. Isso inclui manter as informações, incluindo métricas, relevantes para o público do relatório. Um relatório para o diretor de informações, por exemplo, pode incluir métricas como um aumento nas ligações para um balcão de informações e uma diminuição no número de pessoas que fazem perguntas durante o treinamento. Por outro lado, é improvável que um relatório para um diretor financeiro exija qualquer uma das métricas. Em vez disso, o diretor financeiro pode exigir um relatório sobre as mudanças nos orçamentos e na utilização do departamento.

#3. Torne as métricas utilizáveis.

Ao escrever um relatório, certifique-se de incluir métricas acionáveis ​​para o público. Métricas acionáveis ​​são métodos para tomadores de decisão ou profissionais influenciarem uma métrica específica. Por exemplo, usar uma métrica que mostre o número de chamadas perdidas em um balcão de informações pode demonstrar tanto para a tecnologia da informação quanto para os recursos humanos que o balcão precisa de mais pessoal para lidar com eficiência com o volume de chamadas recebidas. Isso também pode mostrar a eles uma maneira potencial de atrair mais consumidores.

#4. Use os padrões do setor para relatórios de métricas de negócios.

O relatório sobre uma métrica de negócios relevante para o setor de uma organização ou profissional pode ajudá-lo a escrever um relatório mais rapidamente. Isso se deve ao fato de que você pode dedicar mais tempo para escrever o relatório do que para pesquisar métricas. Isso também pode ajudá-lo a escrever para organizações mais novas, pois você pode encontrar informações sobre boas métricas para esse setor nesses líderes do setor e em outros bancos de dados. Além disso, o uso de padrões do setor pode ajudar os consumidores que são novos em uma organização a entender como ela se compara a outras do setor.

Quais são os 4 tipos de métricas?

De acordo com os pesquisadores, apenas quatro métricas principais distinguem os de baixo, médio e alto desempenho: lead time, frequência de implantação, tempo médio de restauração (MTTR) e porcentagem de falha de alteração.

O que é uma métrica de negócios ou KPI?

As métricas de negócios, também conhecidas como KPIs (indicadores-chave de desempenho), fornecem um valor mensurável que demonstra o progresso das metas de negócios de uma empresa. Eles geralmente são rastreados usando um painel de KPI. As métricas de negócios mostram se uma empresa atingiu seus objetivos dentro do prazo estabelecido.

O que faz uma boa métrica de negócios?

Para criar métricas de desempenho eficazes, comece no endpoint - as metas, objetivos ou resultados que você deseja alcançar - e trabalhe de trás para frente. Uma boa métrica de desempenho representa um objetivo estratégico. Também se destina a ajudar a organização a determinar se está ou não no caminho certo para atingir seus objetivos.

Quais são exemplos de métricas?

Algumas métricas operacionais de alto nível são derivadas de um exame das demonstrações financeiras de uma empresa. Vendas, lucro antes de juros e impostos (EBIT), lucro líquido, lucro por ação, margens, índices de eficiência, índices de liquidez, índices de alavancagem e taxas de retorno são todas métricas importantes das demonstrações financeiras.

Quais são os 5 indicadores-chave de desempenho?

A seguir estão os cinco principais indicadores de desempenho:

  • Receita Aumentada
  • A receita é gerada por cliente.
  • A margem de lucro
  • Taxa de retenção de clientes
  • Satisfação do cliente

Quais são as principais métricas?

Uma métrica chave, também conhecida como Indicador-Chave de Desempenho, ou KPI, é uma estatística que, por seu valor, indica a saúde e o desempenho geral de uma organização ou departamento. Os KPIs, ou indicadores-chave de desempenho, são métricas críticas vinculadas a objetivos sensíveis ao tempo.

Como você mede o sucesso do negócio?

Aqui estão alguns métodos para medir o desempenho dos negócios em sua organização:

  • Examine as demonstrações financeiras da sua empresa.
  • Analisar a satisfação do cliente.
  • Média do número de novos clientes que você recebe.
  • Realizar avaliações de desempenho.
  • Manter o conhecimento do mercado.
  • Examine suas expectativas.

Finalmente,

Pode-se afirmar que uma métrica de negócios é fundamental para determinar o sucesso ou fracasso de qualquer negócio. Eles fornecem informações críticas que auxiliam as empresas a tomar decisões informadas, melhorar o desempenho e acompanhar o progresso. Uma métrica de negócios também pode ajudá-lo a identificar áreas de melhoria. As métricas de negócios, quando usadas corretamente, podem ser uma ferramenta poderosa para garantir o sucesso de qualquer negócio.

Perguntas frequentes sobre métricas de negócios

Quais são os 2 tipos de métricas?

É dividido em três tipos: métricas de produto, métricas de processo e métricas de projeto. As métricas do produto descrevem os atributos do produto, como tamanho, complexidade, recursos de design, desempenho e nível de qualidade. Métricas de processo podem ser usadas para melhorar o desenvolvimento e manutenção de software.

O que é um exemplo de um KPI?

Essa abreviação bem conhecida significa Specific, Measurable, Achievable, Realistic e Time-bound. Este é um bom ponto de partida para decidir se uma métrica deve ser um indicador-chave de desempenho. Exemplos de KPIs SMART incluem “receita por região por mês” e “novos clientes por trimestre”.

O que é uma métrica em marketing?

As métricas de marketing são uma maneira quantificável de acompanhar o desempenho e uma importante ferramenta de medição de marketing para determinar a eficácia de uma campanha. As melhores métricas de marketing diferem muito de campanha para campanha, mas, em geral, elas medem o impacto da sua campanha nas ações do público.

  1. Principais métricas: métricas essenciais que toda empresa deve ter
  2. RELATÓRIOS FINANCEIROS: Tudo o que você precisa saber com exemplos (+ Ferramentas rápidas e fáceis)
  3. Principais indicadores de desempenho KPIs: 145+Exemplos de KPIs
  4. Relatórios Gerenciais: Diretrizes para Relatórios Gerenciais
  5. ANÁLISE DE RH: Importância, Exemplos, Cursos, Cargos
0 ações:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar