Cliente para cliente (C2C): significado, como funciona e exemplos

Cliente para cliente

Cliente para cliente (C2C) é um modelo de negócios no qual os clientes podem negociar uns com os outros online. Duas implementações de mercados C2C são leilões e classificados. O marketing C2C está ganhando popularidade com o advento da Internet e de empresas como eBay, Etsy e Craigslist. Para entender como o C2C funciona, leia este artigo. Você também aprenderia sobre as vantagens do comércio eletrônico C2C e dos sites disponíveis de consumidor para consumidor.

Junte-se a nós enquanto fazemos a bola rolar.

Preços mais baixos, que é uma das principais vantagens, são o que torna o cliente para cliente tão popular. Como os vendedores podem eliminar as taxas dos intermediários, os itens e serviços oferecidos aos clientes podem ser mais acessíveis.

Como funciona o C2C de cliente para cliente

C2C é um tipo de mercado em que um cliente compra mercadorias de outro usando uma empresa ou plataforma terceirizada para facilitar a transação. As empresas C2C são um tipo de negócio que surgiu devido ao comércio eletrônico e à economia compartilhada.

Os clientes se beneficiam da concorrência por produtos e geralmente encontram itens difíceis de encontrar em outros lugares. Além disso, as margens para os vendedores podem ser maiores do que os métodos tradicionais de precificação, pois os custos são mínimos devido à ausência de varejistas ou atacadistas. Os locais C2C são úteis, pois não há loja fixa para visitar. Os vendedores listam seus produtos on-line e os compradores migram para eles.

Sites de consumidor para consumidor

# 1. Craigslist

Essa plataforma de comércio eletrônico cliente a cliente conecta pessoas que promovem produtos, serviços ou situações. Além de fornecer uma plataforma para comprar, vender e negociar produtos, o Craigslist também publica classificados mensais, como oportunidades de emprego e anúncios imobiliários. Como em muitas outras, esta plataforma exige que o vendedor envie os itens diretamente ao comprador.

# 2. Etsy

Este é um dos sites de consumidor para consumidor que permite que os proprietários de empresas criem seus próprios sites para comercializar seus produtos aos consumidores. O site C2C fornece orientações e ferramentas para o crescimento de um negócio, cujo preço varia de acordo com o nível de andamento do negócio. Há também um aplicativo “Vender no Etsy” que você pode usar para gerenciar pedidos, ofertas e consultas de clientes com eficiência.

# 3. eBay

Este site oferece dois tipos de listagens de produtos: itens de preço fixo e itens de leilão. Itens de preço fixo podem ser comprados rapidamente clicando no botão Comprar agora. Além disso, os itens do leilão têm um botão de lance que permite inserir lances e visualizar um preço de lance atual. Esses itens podem ser licitados por um tempo especificado e são declarados “vendidos” para o maior lance.

Lista de Empresas C2C

A seguir estão as empresas c2c mais bem classificadas 

  • vestiaire Collective
  • Bukalapak
  • Cint
  • Zopa
  • Lalafo
  • Rede de áudio
  • Applozic, Inc.
  • Crowdcube
  • financiamento Círculo
  • Tokopedia
  • Hubs 3D

4 Tipos de Plataformas Modelo C2C

Existem muitas plataformas de comércio eletrônico que permitem que os clientes procurem o que desejam e oferecem aos comerciantes um local onde os compradores em potencial já estão presentes. A maioria das plataformas C2C cobra dos vendedores uma taxa modesta para listar seus itens ou uma pequena comissão na venda final. Exemplos de plataformas C2C incluem:

#1. Plataformas de leilão

As plataformas de leilões on-line permitem que os comerciantes publiquem seus produtos a um preço mínimo e, em seguida, permitem que vários clientes façam lances no item até que haja um vencedor. Os lances podem aumentar o preço do que se os vendedores publicassem o item a um preço definido, e os licitantes podem fazer um bom negócio se não houver muitos outros lances ansiosos.

#2. Plataformas de troca de mercadorias

Existem vários sites na Internet que conectam compradores e vendedores que desejam trocar bens tangíveis - de móveis de segunda mão a obras de arte e qualquer coisa intermediária. Muitas dessas plataformas existem na forma de internet e aplicativos e ainda permitem que você pesquise por localização física para que você possa realizar a transação pessoalmente.

#3. Plataformas de intercâmbio de serviços

Você também pode usar plataformas C2C on-line para comprar e vender serviços, como contratar um treinador de cães, um designer de sites, um trabalhador manual ou alugar a casa de alguém para férias.

#4. Plataformas de pagamento

Os sistemas de pagamento online C2C existem para listar bens e serviços e para facilitar o pagamento de vendas C2C em outros sistemas. Esses serviços podem ganhar dinheiro cobrando dos usuários uma taxa nominal para transferir os ganhos para suas próprias contas bancárias.

Diferença entre o comércio eletrônico C2C e C2B

Empresa para consumidor (B2C)

O modelo de comércio eletrônico business-to-consumer serve aos consumidores como um meio de vender para as empresas. Um exemplo comum seria um anúncio pago em um site pessoal, onde as empresas pagariam ao proprietário do site pelo espaço do anúncio.

Consumidor a consumidor (C2C)

Esse modelo de comércio eletrônico se concentra em tornar mais fácil para os consumidores trocarem padrões entre si. A aplicação mais comum é um mercado online semelhante ao eBay ou Amazon.

Por que C2C é melhor que B2C?

Em termos de margem de transação, nem sempre há muitas áreas para negociação em transações B2C. No entanto, há um potencial significativamente maior para negociação e personalização de preços em cenários de comércio eletrônico C2C.

Vantagens e desvantagens do comércio eletrônico C2C

O modelo de negócios para e-commerce C2C parece ser o mais popular, especialmente entre varejistas menores sem uma marca ou unidade de negócios conhecida. São várias as vantagens que o C2C eCommerce oferece para quem deseja vender seus produtos e serviços por meio de uma plataforma, conforme explicado a seguir.

Vantagens do comércio eletrônico C2C

  • Maior lucratividade: A ideia principal do modelo de negócios de comércio eletrônico C2C é que não há intermediários envolvidos, o que pode reduzir o custo do produto ou serviço e aumentar a lucratividade. Os vendedores C2C não precisam considerar custos adicionais, como aluguel, salários de funcionários, hospedagem de sites, marketing e uso de terceiros para distribuição de produtos. O mercado de e-commerce C2C permite comunicação direta e transações entre o vendedor e o comprador sem despesas ocultas.
  • Maior base de clientes: Se você tem uma loja física ou online, o número de visitantes e potenciais clientes (físicos ou eletrônicos) depende das oportunidades, proximidade da loja, clientes fiéis, publicidade e marketing adequado. Quando um mercado de comércio eletrônico C2C “para”, as chances de visitas e transações em potencial são muito maiores, pois os visitantes da plataforma específica pesquisam produtos e serviços específicos. Além disso, o aspecto online do comércio eletrônico C2C significa que seus produtos e serviços são visíveis para um público global, aumentando suas chances de conversão.
  • Credibilidade: Em muitos casos, os vendedores que vendem seus produtos ou serviços em uma plataforma C2C não têm a credibilidade de um vendedor conhecido ou a capacidade de manter seu próprio comércio eletrônico plataforma. Nesses casos, portanto, pode ser útil ter o “guarda-chuva” de uma plataforma C2C, pois isso pode oferecer alguma credibilidade com base nas diretrizes da plataforma e na capacidade de verificar o histórico. Então, essas são as vantagens do comércio eletrônico C2C. Consideremos agora a desvantagem

Desvantagens

As vantagens do comércio eletrônico C2C podem ser muito tentadoras para os profissionais de marketing, mas isso modelo de negócio também tem algumas desvantagens.

  • Competição: Estar em um mercado onde muitos vendedores oferecem um produto ou serviço semelhante pode ser esmagador para alguns empresários, especialmente quando eles precisam competir com preços mais baixos, melhores avaliações ou produtos e serviços de maior qualidade.
  • Problemas de pagamento: dependendo do provedor da plataforma de marketplace, pode haver ou não garantia de pagamento das transações realizadas. Houve reclamações de vendedores de comércio eletrônico C2C ​​de que os clientes os enganaram. Dependendo das diretrizes da plataforma, o problema pode ser difícil de negar e resolver.
  • Taxas da plataforma: alguns provedores de plataforma podem cobrar dos vendedores (e ocasionalmente dos compradores) pelo uso da plataforma uma taxa recorrente padrão ou uma porcentagem do lucro.

Quais são os tipos de B2B?

Para ajudá-lo a entender os diversos tipos de clientes empresariais nos mercados B2B, nós os dividimos em quatro categorias: produtores, revendedores, governos e instituições.

O que é B2B, B2C e D2C?

Uma tendência recente que está remodelando o setor de comércio digital é a mudança dos modelos de negócios tradicionais, como B2B (Business-to-Business) e B2C (Business-to-Consumer), para modelos mais centrados no cliente, como B2B2C (Business-to-Consumer). to-Business-to-Consumer), D2C (Direct-to-Consumer) e B2E (Business-to-Enterprise) (Business-to-Employee)

A Netflix é um serviço B2C ou D2C?

Netflix e Spotify são empresas de serviços B2C que dependem de associações e assinaturas.

Embrulhar

O mercado C2C está crescendo em popularidade entre os profissionais de marketing que buscam maximizar seu potencial de vendas conectando-se a clientes que, de outra forma, não alcançariam com os métodos tradicionais de vendas. Plataformas online como Etsy e Craigslist atraem clientes que podem encontrar praticamente qualquer produto ou serviço por um preço que estão dispostos a pagar.

Perguntas frequentes

O que é C2C versus B2B?

B2B é um modelo que envolve empresas que adquirem bens e serviços umas das outras. C2C significa clientes envolvidos no comércio entre si, geralmente em um contexto online.

O que é o modelo C2C?

Customer to customer (C2C) é uma estratégia de negócios que permite que os clientes negociem entre si, frequentemente em um ambiente online.

A Amazon é um B2B ou B2C?

A Amazon é uma organização business-to-business (B2B) e business-to-consumer (B2C). Dada a amplitude de produtos acessíveis na Amazon, cada vez mais pequenas empresas recorrem à internet para suprimentos.

Recomendamos também:

0 ações:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar